sexta-feira, 18 de abril de 2014

A Nudez da Verdade de Fernando Sabino

A Nudez da Verdade
Fernando Sabino

          Telmo Proença está prestes a ir a São Paulo em uma viagem para receber um prêmio por causa do livro que escreveu. Ele e Carla, sua esposa, decidiram que ele iria sozinho.
          No aeroporto, entretanto, ele encontra alguns amigos antigos e Marialva cantando e dançando, felizes da vida. Após muito insistirem, Proença se senta com eles e entra na farra. 
         O grupo acaba indo até a casa de Marialva, depois que descobrem que todos os voos para São Paulo foram cancelados. Eles bebem, dançam, cantam a noite inteira.
          Telmo acorda nu, na cama de Marialva, zonzo por causa da noite anterior, com dificuldades de se lembrar do ocorrido. Marialva diz que o grupo de cantores embarcaram para São Paulo antes que Proença acordasse. O homem encara os fatos, sem problemas, porém acontece um imprevisto. Ainda nu ele fica trancado para o lado de fora no apartamento de Marialva.
         Por causa de sua nudez, Telmo é perseguido por policiais e homens na cidade inteira, durante um dia inteiro. Quando finalmente chega em sua casa, ele encontra sua mulher e um amigo juntos. Ele expulsa o homem de sua casa e sai também, nervoso, para a casa de Marialva.
Opinião: O objetivo do autor era que essa fosse uma história cômica, algo que no meu ponto de vista não foi alcançado. Mesmo sendo um livro bem curto (80 páginas, mais ou menos) a perseguição de Telmo Proença leva quase o livro inteiro, o que faz com que seja um livro bem enjoativo. Não recomendo a ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário